terça-feira, 18 de agosto de 2009

Quando deus matou o Leviatã?

Pergunta imbecil, eu sei. Com deus poderia matar um monstro mitológico? (A não ser que os dois fossem mitológicos).

Enfim, não me culpem, é o que está escrito na bíblia:

Deus matou o Leviatã e outros monstros marinhos em algum tempo no passado:

Salmos 74:13 Tu dividiste o mar pela tua força; esmigalhaste a cabeça dos monstros marinhos sobre as águas.

Salmos 74:14 Tu esmagaste as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto.

Ele vai matar o Leviatã no juízo final:

Isaías 27:1 Naquele dia o Senhor castigará com a sua dura espada, grande e forte, o leviatã, a serpente fugitiva, e o leviatã, a serpente tortuosa; e matará o dragão, que está no mar.

E não adianta vir com a história de que o leviatã é apenas um crocodilo (ou uma baleia). É dito claramente "as cabeças do leviatã", mostrando que ele era como uma espécie de Hidra ou o Tiamat babilõnico.

22 comentários:

  1. Vo te ensinar um pouco de biblia pra quando um dia tu realmente quiser ler ta ? o versiculo 74:13-14 esta falando sobre oque ? olha será que não é sobre exodo ? a fuga do egito ? 13 "tu com teu poder dividiste o mar esmagaste sobre as aguas a cabeça dos monstros marinhos" 14 "tu espedaçaste as cabeças do leviatã e o deste por alimento as alimarias do DESERTO". engraçaod nem sei porque me dou o trabalho de responder isso se tu so aprova os comentarios que tu quer.

    ResponderExcluir
  2. Eu aprovo todos os comentários, inclusive os ridículos, sem sentido e até ofensivos.

    Mas e aí, não entendi. Então ele matou o Leviatã no Êxodo? Mas como em isaías ele diz que ainda vai matar? Isso você não explicou.

    ResponderExcluir
  3. o faráo do egito junto com o exercito que estavam perseguindo o povo de israel = leviatã. O mar se fechando e ingulindo eles dentro do mar = esmaga a cabeça do leviatã.
    Em Isaias Leviatã = simboliza os inimigos de Deus que serão mortos no Juizo Vindouro. Jó 3:8 diz "e sabem excitar o monstro marinho" lit. Leviatã.

    ResponderExcluir
  4. Ô anônimo, não fala besteira não!
    Quando não se tem saída, inventa-se esses michel-o-matics de que o Leviatã é uma simbologia.

    ResponderExcluir
  5. Assim como pegar duas frases de uma reportagem do jornal de hoje para tentar tirar a matéria toda, essa discussão não tem sentido. aquele abraço!

    ResponderExcluir
  6. O leviatã é uma revelação. Traduz uma realidade invisivel, fala de uma guerra que já aconteceu, contra algo que se opôs aquele no qual vc não crê.
    O que me leva a questionar qual o interesse mórbido que vc tem em descreditar algo no qual vc não acredita.
    Tipo, tentar escrever ao mundo que Peter Pan não é real, que não é pra ter medo do caipora, que ele é folclore, ou que o o abominável homem das neves é só uma abstração.
    Porque um homem se envolveria numa obssessiva luta pra provar que algo que não crê é aviltadamente um conto da carochinha?
    Ou não?
    A eternidade por detrás das Escrituras chama seu nome e vc luta pra não atender?
    Você sente fascínio por gnomos e o mais próximo disso é a religião cristã?
    Ou não?
    Ou vc esconde que algo te pertuba profundamente.
    Sim.
    Eu sou um dos personagens ficticios
    dos quais a ficticia Escritura
    narra.
    Ficticia pra vc, claro.
    De novo...
    Eu sou um dos personagens ficticios
    dos quais a ficticia Escritura fala.
    Muito prazer.
    E adeus.



    Welington Corporation

    ResponderExcluir
  7. da morte de todos os homens. Algumas das perspectivas são externas, externas
    a história humana. Algumas visões são alusões a fatos que ocorrem sem a presença humana. O universo biblico não é CALVINISTA. Nem DUALISTA. Mas não é tão simples quanto o coração incredulo pode imaginar. A analise cientifica de realidades espirituais é como tentar ver em duas dimensões coisas que ultrapassam quatro ou mais dimensões. O leviatã das Escrituras aponta então para algo que Jó viu quando Deus a ele se apresentou. E faz parte da resposta que deus concede a Jó sobre a morte de suas filhas, sobre perdas tremendas. Parte da resposta para o sofrimento humano está no mistério que envolve uma guerra que ninguém viu. Pra isso servem os profetas.
    Ou pensou que profetas fossem que nem os duendes de Santa Clauss? Os fantasmas de Scrooge? Representações ideologico-culturais? Gente que masca mescalina ou que sofria de esquizofrenia causada por execesso de equivalentes ao "Santo-Daime?" As Escrituras traduzem palavras de profetas, que ouviram e viram coisas extraordinárias. O Leviatã é uma dessas coisas que eles ouviram em meio a inúmeras revelações. Você pode negar que haja uma realidade qualquer além da literária nos textos de Isaías. Mas não pode negar que homens viram coisas inexplicáveis. Porque eles as viram. Todos veem. Inclusive você, a não ser que minta muito. Porque todos sonhamos, todos nós sentimos coisas além da percepção dos nossos sentidos. A diferença é que os profetas foram chamados para ver as coisas certas. Didáticas. Ordenadas. orientadas. Na multidão dos sonhos, sonhos que faziam sentido, cuja soma revela o quebra-cabeça da vida. As Escrituras são a soma de sonhos, visões e revelações de profetas. Se você vê profetas como fadas, e profecia como canções em noites de frio, meus pesames. Porque aos olhos de um profeta, você é menos real que uma profecia. Os verbos que traduzem coisas que ainda não aconteceram nas Escrituras estão no passado, não sei se você notou esse detalhe.

    ResponderExcluir
  8. As realidades invisíveis se sobrepõem as realidades quanticas nas quais vivemos. Nossos limites são espaciais, geográficos, nossas percepções tridimensionais. Mas quem disse que o universo se limita ao que podemos medir ver ou observar? O texto fala de duas realidades espirituais uma que ocorreu no passado, outra que ocorrerá no povir. Leviatã é um monstro. Ou representado por um monstro. Um dragão. Está certo, não é um crocodilo. Houve uma guerra em alguma dimensão, haverá outra no futuro. Algo manifestou tamanho poder contra a criação, contra Deus, que foi necessário força para conter. Não uma força qualquer. Não é um anjo que é enviado para lutar contra o monstro. É o mesmo do qual é dito do inicio ao fim das Escrituras que criou o universo a partir de sua vontade. O Leviatã representa algo que se opõe a Deus de modo violento, de tal modo que só pode ser parado com uso do mesmo poder manifesto na criação de todas as coisas. Por detrás das cortinas da eternidade algo está ocorrendo. As Escrituras não tratam de contos mágicos. Mas ela é magica. Ela transita em coisas absurdamente sobrenaturais. Ela propositalmente trasncende. A premissa é de uma testemunha que inicia sua história antes do inicio dos espiritos e que alcança a eternidade futura, depois

    ResponderExcluir
  9. Gente, pra que tanta confusão?
    Se Deus matou o leviatã, e depois vai matar de novo, significa que existem mais de um!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo disse...

    Gente, pra que tanta confusão?
    Se Deus matou o leviatã, e depois vai matar de novo, significa que existem mais de um!!!!!

    Desse cara eu gostei ^^, nem sei se é religioso ou ateu, mas foi claro e objetivo ^^.

    Mas teve um anonimo ali em cima falando de realidades invisiveis, cara acorda, oque separa a realidade da fantasia sao as evidencias, sao as evidencias que separam a realidade da fantasia.

    Voce pode provar coisas invisiveis como a gravidade e o ar,mas se voce nao pode provar coisas como um deus supero que vira e mexe ta fazendo milagres por ai, é porque tem alguma coisa errada, voce nao acha?

    Mais uma coisa, se voce puder me dar evidencias de deus, eu vou ficar feliz de acreditar nele, mas ate la voce nao pode ficar espalhando por ai algo como verdade, se voce nao tem provas.

    ResponderExcluir
  11. tinha dois leviatã
    Salmos 74:14 Tu esmagaste as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto.
    que tinha varias cabeças

    Isaías 27:1 Naquele dia o Senhor castigará com a sua dura espada, grande e forte, o leviatã, a serpente fugitiva, e o leviatã, a serpente tortuosa; e matará o dragão, que está no mar.
    outro uma serpente

    ResponderExcluir
  12. Da mesma forma que o dragão é mitológico, mas simboliza o capeta, o leviatã certamente é algo figurativo.

    ResponderExcluir
  13. Gente são vários leviatãs diferentes tanto é que têm caracteristicas diferentes, o primeiro creio serem os egipcios, pois chama de alimento dos mares, o de isaías são dois, creio que os persas e os asírios, pois um chama de serpente veloz (os persas por serem multidão de guerreiros normalmente venciam rapidamente nas guerras pois a maioria dos locais se entregava, em judite, livro da biblia catolica trata sobre essa velocidade com que avançavam sobre todos os locais) e outro de serpente tortuosa (pois os assirios normalmente se aliavam a traidores do próprio local, no caso de israel, para irem contra jerusalem se aliaram a efraim).

    ResponderExcluir
  14. Eu espero que você queira dizer que são varias lendas difrentes sobre o leviatã, e não uma criatura real...

    ResponderExcluir
  15. Ai cara tipo assim vc falo que Deus ia matar o leviatã....
    Mais na biblia fala que Beemote que ia matar o leviatã desculpa...mais me esplique isso

    ResponderExcluir
  16. Deus Não matou todos os leviatans ( existiam mtos outros ) Os mandou para o purgatorio pois nao era akilo q elle queria e logo apos fez anjos e humanos e dps um anjo libertou elles por engano e vira uma guerra entre anjos e leviatans

    ResponderExcluir
  17. ta misturado sobrenatural(Serie) com a biblia

    ResponderExcluir
  18. é mano, para de ver sobrenatural um pouco, ta ficando louco! kkkk

    ResponderExcluir
  19. Kkkkkkk, Discutir mitologia e religiao é perda de tempo ja que cada um acredita no que quer, essas crenças foram passadas por gerações.

    ResponderExcluir
  20. purgatorio nao existe nao ta na biblia

    ResponderExcluir
  21. E jumentas que falam existem, está na bíblia.

    ResponderExcluir