domingo, 4 de abril de 2010

Quando Jesus ascendeu aos céus?

Ele ascendeu no mesmo dia de sua ressurreição:

Marcos 16, 9 E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.

Marcos 16, 10 E, partindo ela, anunciou-o àqueles que tinham estado com ele, os quais estavam tristes, e chorando.

Marcos 16, 11 E, ouvindo eles que vivia, e que tinha sido visto por ela, não o creram.

Marcos 16, 12 E depois manifestou-se de outra forma a dois deles, que iam de caminho para o campo.

Marcos 16, 13 E, indo estes, anunciaram-no aos outros, mas nem ainda estes creram.

Marcos 16, 14 Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados à mesa, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado.

Marcos 16, 15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. 16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.

(...)

Marcos 16, 19 Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus.


Lucas 24, 33 E na mesma hora, levantando-se, tornaram para Jerusalém, e acharam congregados os onze, e os que estavam com eles,

Lucas 24, 34 Os quais diziam: Ressuscitou verdadeiramente o Senhor, e já apareceu a Simão.

Lucas 24, 35 E eles lhes contaram o que lhes acontecera no caminho, e como deles fora conhecido no partir do pão.

Lucas 24, 36 E falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.

(...)

Lucas 24, 50 E levou-os fora, até betânia; e, levantando as suas mãos, os abençoou.

Lucas 24, 51 E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu.

Ele ascendeu quarenta dias após sua ressurreição:

Atos dos Apóstolos 1, 2 Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera;

Atos dos Apóstolos 1, 3 Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.

Atos dos Apóstolos 1, 9 E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. os quatro tem muita coisa que é diferente, por exemplo

    acontece um acidente a pessoa que viu vai falar que acidente foi assim, depois de 5 dias a pessoa vai pegar informação disso e a pessoa vai falar de outro geito, depois de 10 dias a pessoa vai querer informação disso vai falar de outro geito, depois de 15 dias a pessoas vai querer informação sobre isso vão contar de outro geito

    cada um vai contar de um geito diferente, mas a historia vai ser a mesma, mas com geito diferente.

    assim que são os quatro evangélicos tem coisas que um diz e o outro não diz mas eles contam a historia de Jesus e não as mesma partes que aconteceu, mas eles contam a historia de Jesus inteira

    ResponderExcluir
  3. Evangelho de João foi feito em torno de 90anos d.C

    Evangelho de Mateus alguns estidiosos acham que foi feito 50anos d.C. Mais muitos críticos o datam depois de Jerusalém , geralmente entre 80 e 100 anos depois d Cristo

    Evangelho de Marcos foi feito 70 anos depois de Cristo

    Evangelho de Lucas foi escrito entre 90-100 anos depois de Cristo

    Quando eles escreveram os livros, eles pegaram informações de testemunhas que viram isso acontecer.

    Os autores dos quatros evangelhos são diferentes e a data deles são diferentes, se comparar os quatros evangelhos em algumas partes, vai estar diferente, mas eles falam do mesmo assunto mas com algumas partes diferentes.

    ResponderExcluir
  4. Um fato verídico pode ser narrado por varias pessoas de formas diferentes,mas quando há contradições essa história não pode ser verídica mas sim inventada,pois o simples fato de existir contradições botam em dúvida o fato narrado,vou dar um exemplo.Outro dia eu vi no programa do valdemiro santiago um homem que disse que ele tinha sido curado de paralisia e o obreiro estava com sua cadeira de rodas na mão,ele disse que que chegou a igreja na cadeira de rodas e foi curado na igreja e levantou da cadeira de rodas na igreja,mas sua mulher disse que ele foi curado em casa e foi andando pra igreja e levou a cadeira de rodas na mão e deu pro obreiro quando chegaram a igreja pra mostrar a todos como prova de que ele tinha sido curado.Então vemos que cada um conta a mesma história de cura de formas diferentes mas contraditórias.Não dá pra acreditar em uma história dessas.Com a história de jesus é a mesma coisa,seus evangélhos contam a mesma história de formas diferentes mas cheias de contradições.

    ResponderExcluir
  5. "pois o simples fato de existir contradições botam em dúvida o fato narrado"

    Isso sem falar, que oque os religiosos querem "empurrar guela abaixo", não é a historia de um homem que era um conhecido filosofo da epoca (se fosse isso eu ate acreditaria), mas sim de um semi-deus, que tinha poderes magicos, e teria ressucitado, mesmo se a historia nãi tivesse nenhuma contradição, continua sendo só uma historia, ate apresentarem alguma evidencia que demonstre que ela realmente aconteceu.

    ResponderExcluir