terça-feira, 19 de janeiro de 2010

A bíblia chama homossexuais de "cães"

A bíblia declara seu preconceito contra os homossexuais que se prostituem, chamando-os abertamente de cães, impedindo-os de ofertar seu dinheiro para o templo:

Deuteronômio 23, 17 Não haverá rameira dentre as filhas de Israel; nem haverá sodomita dentre os filhos de Israel.

Deuteronômio 23, 18 Não trarás salário de rameira nem preço de cão à casa do SENHOR, teu Deus, por qualquer voto; porque ambos estes {são} igualmente abominação ao SENHOR, teu Deus.

(Versão Almeida revista e corrigida)

A versão católica e a King James também mantém cães, outras, como a Fiel e a Almeida atualizada alteram cães para sodomitas:

Deuteronômio 23, 18 Thou shalt not bring the hire of a whore, or the price of a dog, into the house of the LORD thy God for any vow: for even both these are abomination unto the LORD thy God. (King James)

Deuteronômio 23, 18 Não trarás o salário da prostituta nem preço de um sodomita à casa do SENHOR teu Deus por qualquer voto; porque ambos são igualmente abominação ao SENHOR teu Deus.(Almeida Fiel)

Então, fica explicado quem são os "cães" em Apocalipse 22,15, entre aqueles que não vão entrar na Jerusalém espiritual:

Apocalipse 22, 15 Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.

10 comentários:

  1. Por acaso,não seria 2Sm1:26 o seu texto bíblico predileto?

    ResponderExcluir
  2. O amor que Davi tinha por Jônatas, que é o amor de Deus, e é mais que amar uma mulher, era o amor espiritual e não essa interpretação de um amoe sexual como os sodomitas interpretam e torcem para a sua própria condenação.
    E o seu entranhável afeto cresce mais e mais para convosco, lembrando-se da obediência de todos vós, de como o recebestes com temor e tremor. 2 Coríntios 7:15

    ResponderExcluir
  3. O QUE A IGREJA NÃO CONSEGUE ENXERGAR, É QUE TBM PODE EXISTIR AMOR DE VERDADE ENTRE OS HOMOSSEXUAIS!!! TALVEZ DEUS NÃO É CONTRA O AMOR ENTRE HOMOSSEXUAIS, MAS SIM CONTRA HOMOSSEXUAIS QUE SE PROSTITUEM,TRAEM E NÃO TEM RESPEITO, IGUAL OS HETEROSSEXUAIS!!!

    ResponderExcluir
  4. gn 1:27,2827 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os crio28 Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra.
    precisa comentar mais alguma coisa?

    ResponderExcluir
  5. A Nova Versão Internacional:

    Deuteronômio 23:18 "Não tragam ao santuário do Senhor, do seu Deus, os ganhos de uma prostituta ou de um prostituto, a fim de pagar algum voto, pois o Senhor, o seu Deus, por ambos têm repugnância."

    falam em prostituto, santuário proíbe a entrada de prostituta e de prostituto.

    em Apocalipse 22:15 "Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira." (Nova Versão Internacional)

    não mostra quem Deus chama de cães. Deus não chama os gay de cães mais sim prostituto de cães.

    Deus não gosta de homens e mulheres que se prostitui. Deus pode proibir as pessoas de se prostituir:

    1- porque Deus criou todas as coisas, então Deus pode ditar as leis que Deus quiser.

    2- Deus não gosta quando as pessoas se prostituem, porque as pessoas não tem amor por quem está fazendo sexo com a pessoa.

    3- Deus é onisciente então as escolhas de Deus são as certas, e Deus sabe o que é melhor para o seu povo.

    NÃO TEM NENHUMA CRUELDADE E NENHUMA INJUSTIÇA, SÓ UM MAL ENTENDIMENTO SOBRE QUEM QUE DEUS ESTAVA CHAMANDO DE CÃES, E O QUE DEUS NÃO GOSTA QUE AS PESSOAS FAZEM.

    ResponderExcluir
  6. '' se voces conseguirem provar pra mim ( na bíblia) que DEUS, GOSTA DO HOMOSSEXUALISMO. eu abandono a minha fé

    ResponderExcluir
  7. O nome deste blog tenta privilegiar um, de dois institutos totalmente diferentes, mas não antagônicos entre si: "Fé" e "Razão". Li vários debates anteriormente postados e observei que de um lado; alguém se apoiou na razão para tentar desesperadamente provar a inexistência de Deus, usando a Bíblia Sagrada como base para suas argumentações. Vi também que do outro lado estava alguém usando a mesma Bíblia Sagrada e se apoiando na fé com o objetivo de tentar provar a existência de Deus. Ocorre que a existência de Deus só pode ser contemplada com a utilização dos dois elementos: Fé e Razão. Deus existe quer acreditem; quer deixem de acreditar; e para que o pudêssemos chegar a tão importante conclusão foi que Ele nos deu a Fé e a Razão. Deus nunca esperou que ninguém se relacionasse com ele usando somente Fé; me arrisco em dizer ainda que no Livro supracitado (Bíblia Sagrada) existe um peso muito grande de razões para a Fé. 1Pe 3:15 (ACF) 15 Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós,. O fato de algum texto ser de difícil interpretação, não deveria dar a alguém que quisesse se julgar "dono da razão", o direito de utilizá-lo de forma inconsequente tentando destruir a Fé. Muito menos ainda, os defensores da Fé têm direito de se apoiar naquilo que na verdade tem outro nome, a saber, fideísmo. Parece me que o nome deste blog seria melhor descrito com: Racionalismo X Fé.

    ResponderExcluir
  8. Não ha como provar a inexistência de algo que não possui falseabilidade, pois a pessoa poderia inventar oque ela quisesse para justificar evidências contra e a falta de evidências de suas crenças. Oque torna totalmente desonesto o argumento, "prove que deus não existe".


    Fé é acreditar em algo sem evidências ou mesmo contra elas. Por causa da fé, pessoas acreditam em absurdos inventados para tentar explicar o universo, a mais de 2400 anos atrás, quando a humanidade era muito mais ignorante do que agora, e se usava de conceitos simplistas para faze-lo, como por exemplo:


    "A terra foi criada em 7 dias", ou, "oque causa doenças é o desequilibrio espiritual da pessoa", ou ainda, "so acontecem coisas ruins às pessoas que fazem o mal", tambem, "quando eu como uma ostia, ela se transforma na carne de Jesus".


    Esses são exemplos bem simples de crenças mantidas contra qualquer evidência apresentada, mas qualquer pessoa que entenda um minimo de astronômia, biôlogia, e estatisticas, veria que essas afirmações são ridiculas.


    Por isso que fé não é compativel com a razão, pois você precisa ignorar evidências contra ela e acreditar em coisas para as quais não ha evidências, e que em muitos casos, é impossivel de ser investigado.

    ResponderExcluir
  9. A palavra “cães” de Filipenses 3,2 e Apocalipse 22,15 podemos entender da seguinte maneira. Penso que seja a mais razoável.
    Olhando a Carta Paulina aos Filipenses, notamos uma profunda amizade que Paulo tem com os Filipenses, é a chamada carta da alegria. Paulo está satisfeito, pois a comunidade acolheu de boa vontade sua pregação. Tem um grupo contrário a ele os judaizantes que ele alerta de sobremodo na carta. As palavras contra os judaizantes faz com que entendamos o significado que Paulo dá para “cães”, quando ele ataca os judaizantes (os que querem a volta a pratica da lei judaica). Em Filipenses 3,2 ele afirma:
     “Cuidado com os cães, cuidado com os maus operários, cuidados com os falsos circuncidados!”(Filipenses 3,2) Bíblia de Jerusalém.
    Paulo utiliza a palavra “cães” com a mesma ironia que os Judeus chamavam os gentios de cães (conforme Mt 15,26). Paulo na carta aos Filipenses aplica o sentido de “cães”, aos judaizantes, que na comunidade atrapalhavam o crescimento em Jesus Cristo, querendo um retorno a pratica a lei judaica com todos os seus preceitos.

    ResponderExcluir
    Respostas


    1. Concluindo: Paulo se refere a “cães” aos falsos judaizantes, que não estão aceitando a Jesus Cristo, e sua proposta.
      Em poucas palavras podemos dizer que “cães” que aparece em Apocalipse 22,15, num modo geral tem o mesmo sentido de Filipenses 3,2 são aqueles que rejeitam a proposta de Jesus Cristo. Seguem a vida com seus próprios critérios e nãos os de Deus.
       “Ficarão de fora os cães, os mágicos, os impudicos, os homicidas, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira”. (Apocalipse 22,15) Bíblia de Jerusalém.
      Para a compreensão da palavra “cães” esta muito bem explicada à resposta de Silvia Togneri na pergunta: “Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras e todo o que ama e pratica a mentira (Ap. 22,15). O que significa?” enviada em 01/06/2011.
      “Vejamos primeiramente que em Ap 21,8.27 e 22,15 aparece a lista de quem não poderá participar da Jerusalém Celeste ou do Novo Céu e da Nova Terra. São todos os que não se mantiveram fiéis a Deus. E que rejeitaram o Cordeiro de Deus e se deixaram seduzir pela Besta (o Império Romano) por falta de fé e de valor. O texto está se referindo a todos os incrédulos e idólatras que se deixaram dominar pelo Império Romano. Na bíblia a idolatria significa substituir Deus Libertador por algo ou quem não é Deus e se deixar escravizar por ele, tal como o dinheiro, o comércio, o prazer, o poder, etc. Veja a respeito o que está em Ef 5,5 e em Cl 3,5, que nos diz que a cobiça é idólatra ou seja leva a quem se deixa dominar por ela a ser um idólatra. No Apocalipse, na Nova Jerusalém todos os fiéis e justos poderão ver a Deus, e quem durante a sua vida sempre negou a Deus, dele se afastou, não quis participar de uma vida com Deus e até o substituiu, pelas bestas, pela cobiça, pela mentira, pelo adultério, pelo assassinato, pela prostituição, enfim por toda a idolatria, este não poderá reconhecer verdadeiramente a Deus e assim estará impedido de entrar na Cidade Justa e Santa – a Jerusalém Celeste, que desce a terra. São esses que são considerados como “cães”, que estão fora da cidade santa.”
       Resaltamos que ainda alguns comentários que encontramos para Filipenses 3,2 e Apocalipse 22,15 aplicam a palavra “cães” para “pastores cães” (anunciadores do evangelho de Jesus).
      Como se observa no versículo, “os pastores-cães” são cobiçosos, avarentos; só se preocupam com o próprio ventre; sempre buscam a sua satisfação pessoal deixando as ovelhas ao abandono. A ideia de existir um cão conduzindo as ovelhas é contra ao Evangelho. Jesus. Na parábola do Bom Pastor enfatiza que “O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas”. O bom pastor, não ladra, não ataca, não coloca o rebanho em apuros, mas fala o que convém às ovelhas. O objetivo primordial do bom pastor é colocar seu rebanho sob o temor contínuo do Senhor.
      Em conclusão para estes comentadores os cães representam as pessoas más que não se arrependem de seus pecados e se afastam de Deus!
      Em deuteronômio 23: 17, 18 está se referindo aos prostitutos, não exatamente aos homossexuais. Os cães de apocalipse já é outra história.


      Excluir